Neste artigo, você terá todas as informações sobre a tuberculose, o que causa, quais são os sintomas, como tratar, entre outros. Confira!
Aquele resumão do que você vai ver por aqui:
  • O que causa a tuberculose?
  • Quais são os sintomas?
  • Como saber se a pessoa está com tuberculose?
  • De que forma se dá a transmissão da tuberculose?
  • Quais são os tipos de tuberculose? 
  • Como se faz o diagnóstico da tuberculose? 
  • Como se trata a tuberculose?
  • Existe prevenção?
tuberculose

O que causa a tuberculose?


A doença é transmitida pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, mais conhecida como bacilo de Koch. Doença Infecciosa e transmissível, a tuberculose afeta sobretudo os pulmões, mas pode acometer também outros órgãos e/ou sistemas. Segundo o Ministério da Saúde, apesar de ser uma doença antiga, ela continua sendo um importante problema de saúde pública.
Os indivíduos podem  conviver com o bacilo sem necessariamente estarem doentes (chamada infecção latente), pois não conseguem eliminá-lo ou destruí-lo. Uma vez reativado o foco, passam a ser doentes, podendo ser infectantes (acabam sendo transmissores quando estão com a doença ativa pulmonar).
A doença evolui quando o bacilo não é bloqueado e se divide, rompendo a célula e provocando uma reação inflamatória intensa em vários tecidos a sua volta. O pulmão reage produzindo muco, surgindo, então, a tosse produtiva que pode apresentar catarro de branco a amarelado e esverdeado e às vezes catarro com sangue.

Quais são os sintomas da tuberculose?


A tosse, na forma seca ou produtiva, é o sintoma mais característico da doença. Por isso, se a pessoa apresentar tosse por duas semanas ou mais, deve ser imediatamente investigada. Alguns outros sinais e sintomas da tuberculose são:
  • Tosse por mais de duas semanas;
  • Produção de catarro;
  • Febre vespertina;
  • Sudorese noturna;
  • Cansaço/fadiga;
  • Dor no peito;
  • Falta de apetite;
  • Emagrecimento;
  • Escarro com sangue em casos mais graves.

+ Veja também: pneumonia – quais são as causas, sintomas, tratamento e como prevenir


Como saber se uma pessoa está com tuberculose?


Se a pessoa apresentar os sinais e sintomas listados acima, associados ou isoladamente, deve ser encaminhada imediatamente ao médico ou Posto de Saúde mais próximo. O tratamento é gratuito e deve ser iniciado logo após o diagnóstico.

Como é a transmissão da tuberculose?


A tuberculose é uma doença de transmissão aérea que ocorre em pessoas a partir da inalação de partículas sólidas ou líquidas que se encontram suspensas no ar, meio gasoso (aerossóis).
Sendo assim, a forma de contaminação da tuberculose pode se dar durante a fala, espirro ou tosse das pessoas com a tuberculose ativa que lançam no ar partículas que contêm bacilos. Um indivíduo que tenha baciloscopia positiva (presença de bactérias da tuberculose no escarro) pode contagiar, em média, de 10 a 15 pessoas durante um ano de convívio em uma comunidade.
Vale destacar que os bacilos que se fixam em roupas, lençóis, copos, entre outros objetos, dificilmente se dispersam em aerossóis, sendo assim, não têm papel importante na transmissão da tuberculose.

Quais são os tipos de tuberculose?


Além dos pulmões, a tuberculose pode afetar órgãos como rins, ossos, meninges, etc. Listamos alguns tipos:
  • Pleural (na película que reveste os pulmões);
  • Cutânea;
  • Cerebral;
  • Ganglionar (afeta os linfonodos/gânglios linfáticos);
  • Óssea;
  • Urinária.

Como é feito o diagnóstico?


O diagnóstico da tuberculose considera os sintomas, entretanto, devem-se realizar exames complementares para auxiliar no diagnóstico confirmatório. Na radiografia do pulmão aparecem alterações características de tuberculose geralmente nos adultos como “cavernas pulmonares”.
O teste de Mantoux (PPD ou prova tuberculínica) também é um exame  diagnóstico importante, que consiste na aplicação de tuberculina (extraída da própria bactéria) debaixo da pele e é avaliada a reação 48 horas depois.
O padrão ouro, ou seja, o exame confirmatório principal, é a detecção do bacilo pela análise do escarro que pode ser feito por exame de análise molecular (RT-PCR), pela coloração – baciloscopia ou pela cultura. O escarro pode ser obtido pela tosse, inalação e até mesmo pela broncoscopia e biópsia pulmonar.

Como tratar a tuberculose?


O tratamento da tuberculose é feito com o uso de antibióticos específicos para tuberculose em geral, que devem ser prescritos por um médico. O tratamento tem a duração de seis meses, aproximadamente.
É fundamental que o paciente tome as medicações regularmente pelo período recomendado para que não crie resistência bacteriana e torne a recuperação ainda mais difícil. Consulte um médico ou o posto de saúde mais próximo assim que perceber sinais da doença.

Como prevenir a tuberculose?


A vacina BCG é a principal forma de prevenção da tuberculose nas suas formas graves (tuberculose miliar e meningite tuberculosa) em crianças.
Deve ser aplicada na pele (intradérmica), do braço direito, e deve ser realizada no primeiro mês de vida podendo  receber ao nascer, inclusive; ou, no máximo, até os 5 anos. A criança deve ter mais de 2 kg para receber a vacina é esperado uma reação local – cicatriz da BCG – que pode aparecer até os 6 meses.
Ela está disponível na rede pública e privada. Aqui na Beep você pode receber a vacinação da BCG no conforto da sua casa, de domingo a domingo e sem pagar taxa domiciliar. Baixe o nosso app e agende uma visita. Além disso, uma medida simples de prevenção da tuberculose é manter ambientes bem ventilados e com a entrada da luz do sol.

Que bom que chegou até aqui!


Viu quantas informações importantes uma única doença pode ter? Percebeu como a prevenção é o primeiro passo de uma vida saudável para você e sua família? Lembre-se sempre de que, surgindo alguns dos sintomas citados acima, a primeira medida a tomar é entrar em contato com o seu médico ou ir ao posto de saúde mais próximo. Ah, e lembre-se de que você pode contar com a Beep!

Importante:


Você pode tirar suas dúvidas e fazer o agendamento dos seus exames laboratoriais e vacinas diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar! Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Compartilha com a gente se você já teve tuberculose e como foi o tratamento! Assim, você vai ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.
 Fontes:
Drauzio Varella | Ministério da Saúde 
Você é cliente Bradesco? Você é cliente Amil? Vacina Tríplice Bacteriana – Reações da vacina