Sabe aquela sensação do joelho rangendo ou um inchaço doloroso nas articulações? Isso pode ser um sinal de artrite reumatoide, uma doença inflamatória crônica que, geralmente, afeta mais as mulheres do que os homens. Neste artigo, você entenderá mais sobre essa doença: quais são os sintomas, como tratar, como é feito o diagnóstico e mais. Confira!
uma senhora está segurando o pulso com a outra mão dando sinais de artrite reumatoide na mão

O que é artrite reumatoide?


A artrite reumatoide (AR) é considerada uma doença que pode inflamar diversas articulações do corpo humano, as famosas “juntas”. Essa inflamação acontece devido às alterações que ocorrem no sistema imunológico.
Trata-se de uma doença autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca erroneamente os tecidos que estão saudáveis. Logo, em vez do nosso organismo se defender contra infecções, ele atinge as próprias articulações. As regiões mais atingidas são mãos, pés, punhos, joelhos, cotovelos e tornozelos. Também pode frequentemente acometer a coluna cervical.

O que causa a artrite reumatoide?


A causa da artrite reumatoide ainda é desconhecida, mas sabe-se que ela acomete as mulheres duas vezes mais do que os homens, iniciando-se na faixa etária entre 30 a 40 anos. Além disso, alguns fatores costumam contribuir para o desenvolvimento dessa doença, como obesidade e tabagismo.

Quais são os sinais e sintomas de quem tem artrite reumatoide?


Os sinais e sintomas mais comuns da artrite reumatoide são:
  • Calor;
  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Edema nas articulações afetadas, principalmente mão e punho;
  • Rigidez nas regiões atingidas, especialmente na parte da manhã; 
  • Fadiga.
Conforme a doença vai evoluindo e se manifestando cada vez mais, a cartilagem articular começa a se deteriorar, podendo causar deformidades e incapacidade de realizar algumas atividades rotineiras.

Qual exame detecta artrite reumatoide?


O fator reumatoide (FR) é um dos principais exames para detectar a artrite reumatoide. Feito por meio de um exame de sangue, a sensibilidade gira em torno de 75% a 85%. Ou seja, aproximadamente 25% dos casos serão apontados como negativos, mesmo que o paciente tenha a doença, de acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR).
Além disso, provas de atividade inflamatória, como a velocidade de hemossedimentação (VHS) e a proteína C reativa (PCR) são exames que auxiliam a medir a inflamação sistêmica. Alguns exames de imagem, como radiografia, ultrassonografia, tomografia e ressonância, podem ser solicitados também para melhor avaliar o quadro clínico.

Como é feito o diagnóstico?


Segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), o diagnóstico da artrite reumatoide é obtido após identificação de, no mínimo, 4 dos critérios abaixo, presentes em um período de 6 semanas, pelo menos. São eles:
  • Rigidez articular matinal por 1 hora, aproximadamente;
  • Artrite em 3 regiões de articulações, no mínimo;
  • Artrite nas articulações das mãos, mais precisamente no meio dos dedos e entre os dedos e a mão;
  • Artrite simétrica (punho esquerdo e punho direito, por exemplo);
  • Presença de nódulos reumatoides;
  • Presença de fator reumatoide no sangue;
  • Alterações radiográficas.

Como tratar a artrite reumatoide?


O tratamento da artrite reumatoide depende do estágio em que a doença está. Geralmente, é indicado o uso de anti-inflamatórios, podendo ser necessário, também, o uso de corticoide, caso a artrite esteja em fase mais aguda e grave. Além disso, recomenda-se, habitualmente, o uso de drogas modificadoras do curso da doença, a maior parte delas imunossupressoras.
O exercício físico, a terapia ocupacional e a fisioterapia são ótimos aliados e contribuem para o tratamento, melhorando a rotina e a vida do paciente. Isso faz fortalecer os músculos, as articulações e a flexibilidade dos membros afetados.

Acompanhamento médico


Agora que você já sabe o que é a artrite reumatoide, lembre-se de que é essencial o acompanhamento com um médico de confiança para dar início ao tratamento e verificar a evolução e a melhora do quadro, caso seja confirmado o diagnóstico.

Importante:

Aqui na Beep, você pode fazer o agendamento dos seus exames laboratoriais e vacinas diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar! Faça tudo no conforto da sua casa, de domingo a domingo e sem pagar taxa domiciliar.
Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Compartilhe com a gente sua experiência com a artrite reumatoide! Assim, você vai ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.