Ter diarreia ou vomitar uma vez no dia já é desconfortável. Agora, imagine toda hora — e em um único dia — apresentar esses sinais sem parar? Isso é o que pode acontecer com quem é infectado por um dos vírus que causam a gastroenterite. Quer saber o que é rotavírus? Leia o nosso post completo!  
Enfermeira aplica a dose da vacina contra o rotavírus de forma oral. A imagem representa o que é rotavírus.

O que é rotavírus? 


O rotavírus é um tipo de vírus e um dos agentes causadores da gastroenterite grave, uma inflamação que atinge o estômago e o intestino. Essa doença apresenta sintomas como diarreia e vômito e atinge, com maior frequência, crianças menores de 5 anos. Caso ela não seja tratada de forma adequada, pode até levar a pessoa à morte. 

Como se pega o rotavírus? 


Uma das maneiras de contágio é consumir alimentos e água contaminados com o vírus. Outra forma de “pegá-lo” é entrar em contato com objetos que foram infectados com esse agente causador da gastroenterite ou pela propagação aérea (pelo ar) de partículas contendo o rotavírus.

Qual é o período da doença que mais ocorre a transmissão? 


A pessoa contaminada com o rotavírus pode eliminar esse vírus nas fezes – em maior quantidade – entre o 3º e 4º dia depois do surgimento dos primeiros sinais. 
Mesmo que a possibilidade de transmissão seja maior no período citado anteriormente, ainda é possível detectar a presença nas fezes dos indivíduos que não têm mais diarreia.


Qual é o período de incubação do rotavírus? 


Os primeiros sintomas costumam aparecer, em média, 2 dias após a pessoa ter sido infectada. 

Quais são os sintomas da doença causada pelo rotavírus? 


Os sintomas podem variar conforme a faixa etária. Os bebês que têm idade entre 0 e 4 meses podem não apresentar sinais e sintomas, ou seja, serem assintomáticos. Crianças entre 6 meses e 2 anos podem ter vômitos repentinos, diarreia aquosa e febre alta. Já os adultos podem apresentar as formas mais leves da doença. 

Por que os sintomas, geralmente, são mais leves em recém-nascidos e adultos? 


Bebês recém-nascidos podem ser assintomáticos ou mesmo apresentar sinais e sintomas leves da doença, possivelmente, por causa dos anticorpos maternos que podem ter sido transferidos para a criança e também devido à amamentação
Adultos podem ter sintomas mais leves da doença pelo seguinte motivo: como, geralmente, a primeira infecção pelo rotavírus ocorre durante a infância, a pessoa pode acabar criando anticorpos para combatê-la.
Com essa defesa, caso haja novas contaminações – principalmente durante a vida adulta -, elas podem ser bem mais brandas.  

Por quanto tempo duram os sintomas? 


Geralmente, os sintomas da gastroenterite duram, em média, entre 12 e 60h.

Há algum risco de agravar? 


Sim. A fase mais grave da doença causada pelo rotavírus pode apresentar sintomas como desidratação e febre. Ela pode também levar o indivíduo ao óbito. 

Existe alguma faixa etária de risco para a doença? 


Indivíduos de qualquer faixa etária (não vacinados) podem ser infectados com o rotavírus. Entretanto, crianças pequenas menores de cinco anos têm um risco maior de desenvolver os sintomas mais graves da doença.  

Como é feito o diagnóstico? 


O médico pode prescrever exame de fezes para detectar a presença do rotavírus. Ele pode ser útil, principalmente, para o médico conseguir tirar a dúvida se o paciente tem gastroenterite causada por bactérias ou vírus. 

Existe algum tipo de tratamento para a doença? 


Não há nenhum remédio capaz de combater a doença causada pelo rotavírus. Até porque, geralmente, ela dura por tempo limitado e determinado. Uma das principais recomendações é beber muita água para evitar a desidratação causada pelo excesso de vômito e diarreia.  
Agora, caso a gastroenterite esteja em estágio grave, pode ser necessário internar o paciente para aplicar o soro na veia. 

Qual é a forma de prevenção da doença causada pelo rotavírus? 


Algumas formas de prevenção contra a doença são: aplicar a vacina contra o rotavírus e manter hábitos essenciais de higiene, como: 
  • Colocar a água tratada em vasilhas limpas;
  • Guardar os alimentos em recipientes fechados;
  • Higienizar todos os objetos utilizados para preparar os alimentos;
  • Lavar com frequência as mãos, principalmente, após ir ao banheiro;
  • Não utilizar a água que vem de qualquer fonte que possa estar contaminada, como: rios e riachos; 
  • Pôr o lixo em sacos e sempre manter a tampa da lixeira fechada;
  • Preferir sempre utilizar o vaso sanitário, entre outros. 

Segundo o Ministério da Saúde, outra recomendação é não parar de amamentar as crianças de forma precoce, pois o leite materno aumenta a resistência dos bebês contra os casos de diarreia. 

Previna-se contra o rotavírus no conforto da sua casa! 


Aqui na Beep, você encontra a vacina contra o rotavírus (pentavalente) e também o exame de fezes para detectar a presença desse vírus. 
O melhor? Você pode realizá-los no conforto da sua casa. A nossa equipe vai até você, de domingo a domingo, e sem cobrar taxa domiciliar. Baixe o app para agendar uma visita!

Médico responde: 


Como o Rotavírus afeta a saúde de uma pessoa?


O rotavírus é um vírus que gera uma gastroenterite. Ela consiste em uma inflamação do trato gastrointestinal, afetando o estômago e o intestino. Dessa forma, as principais manifestações clínicas da doença são diarreia e vômitos. 

Quanto tempo sobrevive o rotavírus?


O rotavírus pode permanecer infeccioso entre 9 e 19 dias.

Quanto tempo uma pessoa fica com rotavírus?


A duração da doença varia de acordo com o subtipo do rotavírus. Em média, a doença pode durar de 3 a 7 dias.