Coinfecção: o que é esse problema que devemos evitar?

O outono chegou no país, portanto, além das temperaturas mais amenas, temos uma maior circulação dos vírus que causam infecção respiratória, como Influenza, Rinovírus, Adenovírus e Metapneumovírus. Com o cenário de pandemia, portanto, devemos estar atentos para nos protegermos de uma possível coinfecção.

Infecções respiratórias

É importante que toda a população, principalmente as crianças, se proteja contra essas infecções respiratórias da mesma forma que temos feito com a prevenção do novo Coronavírus.

Quais cuidados devemos adotar?

  • Os cuidados são iguais: evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes,
  • lavar as mãos com água e sabão frequentemente — se não tiver na hora, usar o álcool em gel —,
  • não compartilhar objetos pessoais,
  • colocar um lenço descartável no rosto ou cobrir com a dobra do cotovelo quando tossir ou espirrar.

O que é coinfecção?

Neste momento de pandemia de Coronavírus, precisamos nos cuidar contra as outras doenças para que não aconteça a coinfecção, infecção simultânea com o vírus da gripe ou pneumococo, o que certamente agravaria o caso.

Contra quais doenças devemos nos imunizar e evitar a coinfecção?

Todos devem estar imunizados contra as doenças imunopreveníveis, que são mais comuns no outono e já têm vacina disponível, como a Influenza (Gripe), coqueluche (Tríplice Bacteriana, Pentavalente e Hexavalente) e pneumonia causada pela bactéria pneumococo (Pneumocócica). A prevenção é sempre a melhor alternativa. ________________________________ Dra. Cristiana Meirelles Infectologista Pediátrica e Coordenadora Médica da Beep Saúde