Sempre que alguém começa a apresentar sintomas, como febre, tosse e outros sinais, é muito comum as pessoas falarem, por impulso, que se trata de uma gripe ou até mesmo da Covid-19. Isso acontece porque várias doenças respiratórias têm sinais e sintomas comuns, só que, às vezes, pode ser apenas um resfriado. Como essa é uma dúvida muito comum, criamos um post sobre a diferença entre gripe e resfriado
Mãe medindo a temperatura da filha resfriada. A imagem ilustra o post sobre a diferença entre gripe e resfriado.
Confira: 

O que é resfriado?


O resfriado é causado por vírus, como o Rinovírus, Adenovírus e Parainfluenza. Ao contrário da gripe, ele começa de forma gradual e apresenta sintomas localizados no nariz e na garganta, que podem ser:
  • Congestão nasal;
  • Coriza;
  • Febre baixa;
  • Tosse (geralmente leve).

A recuperação ocorre, em média, em menos de 4 dias. Apesar de ser mais brando do que a gripe, o resfriado pode ter complicações de modo leve a moderado.

O que é gripe?


A gripe começa de forma aguda e é causada, principalmente, pelo vírus Influenza, como o H1N1, H1N2 etc. Ela apresenta sintomas generalizados e dura, em média, entre 1 e 2 semanas. Essa doença pode evoluir para complicações graves, principalmente em crianças pequenas, idosos, gestantes, puérperas e pessoas com doenças respiratórias ou cardíacas, obesidade, diabetes, trissomias, deficiência de imunidade etc.
Essas complicações graves podem ser pneumonia e acometimento do sistema nervoso (encefalite ou polirradiculoneurite) ou dos músculos (miosite).
Veja os sintomas mais comuns da gripe
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Dores musculares e na garganta;
  • Tosse;
  • Mal-estar geral;
  • Perda de apetite.


Como a gripe e o resfriado são transmitidos?


Os vírus da gripe e do resfriado são transmitidos por meio da fala, tosse, espirros, secreção nasal e contato direto das mãos contaminadas com o nariz, boca ou olhos.

Qual é o período de contágio da gripe e do resfriado?


Se a pessoa tiver um resfriado, pode começar a transmiti-lo de 12 a 24h depois do primeiro contato com o vírus causador da doença. Entretanto, o pico de transmissão acontece entre o 2º e 4º dia de sintomas.
No caso da gripe, a pessoa pode começar a transmiti-la 12 horas depois do primeiro contato com o vírus causador da doença. O pico de transmissão se dá entre o 1º e o 6º dia de apresentação dos sintomas.

Resfriado e Gripe: são a mesma doença?


Não. Como falamos nos tópicos anteriores, existe diferença entre gripe e resfriado. Para ajudar você a diferenciá-las, preparamos um quadro comparativo. Veja:
uma tabela mostrando a diferença entre gripe e resfriado

Como prevenir a gripe e o resfriado?


Apesar de haver diferença entre gripe e resfriado de uma forma geral, as duas são doenças contagiosas. Por esse motivo, algumas maneiras de reduzir o risco de transmissão são:
  • Evitar ficar muito perto de pessoas contaminadas; 
  • Não colocar as mãos nos olhos, nariz e boca sem desinfectá-las com água e sabão ou álcool em gel;
  • Não estar em locais com muitas pessoas e pouca circulação de ar.

No caso da gripe, além das medidas citadas, a melhor maneira de prevenção é a vacinação contra gripe. No caso do resfriado, não há vacina.

Onde encontrar a Vacina contra a Gripe?


Você encontra a vacina da gripe tanto na rede pública quanto na privada. A diferença é que o imunizante dos postos de saúde é trivalente, ou seja, protege contra 2 cepas do vírus Influenza do tipo A e 1 do tipo B. Geralmente, pelo SUS, essa vacina é restrita aos grupos prioritários, como gestantes, idosos, entre outros.
Na rede privada, o imunizante oferecido é quadrivalente, que contém 2 cepas da Influenza do tipo A e 2 do tipo B, o que amplia a proteção contra esse microrganismo causador da doença. Outra diferença é que ela é oferecida para pessoas com mais 6 meses de idade, sem restrições.

Aqui na Beep, por exemplo, você pode se vacinar contra a gripe no conforto da sua casa. A nossa equipe vai até você, de domingo a domingo, sem cobrar taxa domiciliar.

Anualmente, acontece a Campanha de Vacinação contra Gripe, quando é recomendado receber a dose do imunizante, pois as cepas são sempre atualizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Como fazer o diagnóstico da gripe e do resfriado?


O diagnóstico da gripe e do resfriado é clínico, ou seja, não é necessário fazer exames. Entretanto, existe um exame chamado Painel Viral para a detecção dessas doenças.
Já idosos e gestantes precisam de um acompanhamento mais rigoroso e, por isso, é recomendado fazer a vacinação por causa do risco de agravar a doença.

O que fazer para melhorar o resfriado?


O que você pode fazer para melhorar o resfriado é usar remédios que podem aliviar os sintomas, como analgésicos e antitérmicos. Fazer repouso e hidratação também são medidas importantes. Vale deixar claro que não há nenhum remédio que cure o resfriado.

Como melhorar a gripe?


A orientação é basicamente a mesma que a do resfriado. Em casos mais específicos, é preciso usar medicamentos antivirais para atuar especificamente sobre o vírus. Entretanto, eles fazem um efeito melhor quando são administrados nas primeiras 48 horas após o início dos sintomas. São prescritos antibióticos apenas nos casos de infecções bacterianas que podem ocorrer em casos de complicações.

Como acabar com a gripe e o resfriado?


Infelizmente, não se pode prever quando uma criança ou um adulto vai adquirir uma das duas doenças. Contudo, a vacina contra a gripe é a melhor maneira de prevenção. Além disso, uma alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos ajudam o sistema imunológico a ficar mais forte.

Médico responde:


Posso realizar a automedicação contra gripe e resfriado?


Mesmo em doenças mais simples e sem tratamentos específicos, é importante evitar a automedicação. É indispensável buscar a orientação médica a fim de encontrar o melhor tratamento e acompanhamento da evolução da doença.

Em que casos devo procurar o hospital?


Quando apresentar sinais graves, como: febre alta, difícil de controlar, dificuldade para respirar, inapetência e sinais de desidratação.