Pentavalente nas redes pública e privada

São muitas as dúvidas sobre a diferença da vacina Pentavalente nas redes pública e privada, por isso, nossa Gerente de Imunizações aqui na Beep, Amanda Reis Junqueira, explica melhor o assunto!

Na vacina Pentavalente da rede pública, o componente pertussis (coqueluche) possui células inteiras, já na rede privada, é acelular, ou seja, não é feita com as células inteiras.

E o que isso significa? A eficácia e segurança de ambas é a mesma, a diferença está nos efeitos adversos que, de acordo com estudos comparativos, são significativamente menores quando aplicada a vacina acelular, da rede privada.

Além disso, é importante saber que existe uma diferença na combinação das doenças que elas previnem. Leia abaixo com atenção:

• A Pentavalente do SUS protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e haemophilus influenzae tipo b, portanto, a poliomielite, é aplicada separadamente com mais uma picadinha.

• A Pentavalente da rede privada protege contra difteria, tétano, coqueluche, poliomielite inativada e haemophilus influenzae tipo b.

Por esse motivo, a aplicação da pentavalente, na rede particular, é indicada aos 4 meses dos bebês a termo, ou seja, bebês nascidos entre as 37 e as 41 semanas, que não precisam da dose de Hepatite B quando contemplados pela Hexavalente Acelular aos 2 e 6 meses de idade.

Compartilhe essa informação com os amigos e familiares, todos precisam saber a diferença da vacina Pentavalente nas redes pública e privada. Estar bem informado é essencial para cuidar da saúde de forma eficaz e preventiva.

Se a dúvida persistir, entre em contato com a Beep Saúde. Teremos enorme prazer de esclarecer todas as informações necessárias.

Agende a vacina Pentavalente na Beep Saúde e receba a aplicação no conforto da sua casa, de domingo a domingo!

Privacy Preference Center