Enfermeira coloca o líquido da vacina dtpa na injeção.
Quando o assunto é vacina dTpa, também chamada de Tríplice Bacteriana Acelular, é normal que surjam muitas dúvidas. Os questionamentos sobre quem pode tomar e quantas doses são necessárias são só algumas das perguntas que aparecem sobre esse imunizante. 
Então, para que você fique por dentro do assunto, fizemos um post com as principais informações. Leia o nosso artigo completo! 

O que é vacina dTpa? 


A vacina dTpa é uma injeção acelular, desenvolvida com partículas e não com o vírus/bactérias inteiras do tipo adulto, que previne contra Coqueluche, Difteria e Tétano. 
Ela é considerada uma vacina combinada, pois protege contra mais de uma doença com a aplicação de um único imunizante. É uma vacina inativada, pois contém dois toxoides (difteria e tétano) e componentes da cápsula da bactéria da coqueluche e não o microrganismo morto.

Como é a composição? 


A vacina dTpa é composta por toxóide, um derivado das toxinas fabricadas pelos microorganismos causadores de doenças como a Difteria e o Tétano. A dTpa utiliza também componentes da cápsula da bactéria da Coqueluche (chamada de Bordetella pertussis), fenoxietanol, cloreto de sódio, sal de alumínio como adjuvante e água.

Existe diferença entre a vacina dTpw e dTpa? 


Sim, principalmente relacionada à composição da vacina. A dTpw, chamada de vacina Tríplice Bacteriana de Células Inteiras, também possui toxóides (derivados das toxinas dos agentes causadores da Difteria e do Tétano), mas tem a bactéria morta da Coqueluche (Bordetella pertussis), cloreto de sódio, sal de alumínio como adjuvante e água. 
Outra diferença está relacionada às reações adversas. Na vacina dTpa, as reações são menos frequentes e intensas em comparação ao imunizante dTpw justamente pela forma que é produzida.
A dTpw é oferecida pela rede pública de saúde (SUS) como dose de reforço para crianças entre 4 e 5 anos.

Como é aplicada a vacina dTpa?


A injeção é aplicada de forma intramuscular.

Para quem é indicada? 


A vacina dTpa (Tríplice Bacteriana Acelular) é recomendada como reforço em crianças a partir dos 4 anos, adolescentes, adultos e também idosos. Grávidas devem receber a dose do imunizante a partir da 20ª semana de gravidez.
Quem tem muito convívio com crianças menores de 2 anos (principalmente com menos de 1 ano) devem se vacinar. Essa estratégia vale para familiares próximos, babás, cuidadores e também profissionais da área da saúde.

Quantas doses tomar? 


A vacina dTpa pode ser utilizada como dose de reforço para crianças com idade entre 4 e 5 anos. O esquema vacinal também recomenda essa vacina para o reforço em adolescentes, adultos e idosos. 
Caso crianças com mais de 3 anos, adolescentes e adultos não tenham tomado ou não tenham o registro das 3 doses de imunizantes contra o Tétano, o recomendado é aplicar imunizante de dTpa seguido de 2 ou 3 doses da dT.
Ela serve de reforço para as crianças, porque a primeira vacinação do bebê contra a Difteria e Tétano é a Vacina Pentavalente (disponível na rede pública e privada) que deve ser aplicada aos 2, 4, 6 meses e entre 12 e 18 meses ou a Hexavalente (disponível apenas na rede privada de saúde).

Quando a gestante deve tomar a vacina dtpa? 


Mulheres grávidas devem tomar uma dose de dTpa a partir da 20ª semana de gravidez. Caso não tenham aplicado o imunizante durante a gestação, elas precisam receber uma dose depois do parto, o mais rápido possível e, preferencialmente, ainda na maternidade.

Existe alguma reação? 


A vacina dTpa pode causar algumas possíveis reações e elas variam conforme a idade. Vale lembrar que algumas pessoas podem apresentar esses sintomas e outras não. Confira na tabela! 
Reações muito Comuns Reações Comuns Reações Incomuns

Reações raras

Crianças de 4 a 9 anos Irritabilidade, sonolência, reações no local da injeção (incluindo dor, vermelhidão e inchaço), cansaço.  Perda de apetite, dor de cabeça, diarreia, vômito, distúrbios gastrointestinais, febre maior ou igual a 37,5ºC (incluindo febre acima de 39ºC). Infecções do trato respiratório superior, distúrbios na atenção, conjuntivite, erupções cutâneas, enduração e dor no local da aplicação.  Reações anafiláticas, convulsões (com ou sem febre), urticária, inchaço extenso do membro vacinado (reação de Arthus) e fraqueza.
Pessoas acima de 10 anos Dor de cabeça, reações no local da injeção (incluindo dor, vermelhidão e inchaço), fadiga, mal-estar. Tontura, náusea, distúrbios gastrointestinais, febre maior ou igual a 37,5ºC, inchaço e abscesso estéril no local de injeção). Infecções do trato respiratório superior, faringite,  aumento ou surgimento de gânglios próximos à região do local da vacinação (linfadenopatia).  Desmaio, tosse, diarreia, vômito, suor excessivo, coceira, dor e rigidez nas articulações, dor e rigidez muscular, febre acima de 39ºC. Reações anafiláticas, convulsões (com ou sem febre), urticária, inchaço extenso do membro vacinado (reação de Arthus) e fraqueza.

Existe alguma contraindicação?


A dTpa (Vacina Tríplice Bacteriana Acelular) é contraindicada para quem já teve anafilaxia ou sintomas neurológicos provocados por algum componente da vacina ou depois de aplicar a dose anterior.

Onde tomar a vacina? 


A vacina dTpa está disponível na rede pública e particular de saúde. No SUS, o imunizante está disponível para gestantes, profissionais de saúde e parteiras tradicionais. Já na rede privada, é indicada para pessoas acima de 4 anos de idade. 
E se você quiser se vacinar no conforto de casa, a vacina Tríplice Bacteriana (dTpa) está disponível aqui na Beep. E o melhor? A nossa equipe vai até você, de domingo a domingo, sem cobrar taxa domiciliar. Baixe o nosso app agora mesmo para agendar uma visita! 

Importante:


Você pode tirar suas dúvidas e fazer o agendamento dos seus exames laboratoriais e vacinas diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar!
Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Compartilha com a gente se você já precisou aplicar vacina dTpa! Assim, você vai ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.

Fontes:


Beep Saúde | Família SBIM | Fiocruz |