Depois da chegada do novo coronavírus, qualquer sintoma que aparece como: tosse, febre e cansaço já deixa as pessoas em alerta. Na dúvida se pode ser uma gripe comum ou covid-19, muita gente faz o correto: recorre à testagem para saber se estão com o vírus ou não. Existem alguns testes disponíveis no mercado e um deles é o RT-PCR. Se você ainda não sabe o que é exame de PCR, leia o post completo! 
Ao fundo um enfermeiro colocando o swab perto do nariz de um homem sentado de lado durante o exame de PCR para Covid-19.

Para que serve o exame de PCR para Covid-19? 



Esse teste molecular, também chamado de RT-PCR, identifica a presença da infecção causada pelo vírus SARS-CoV-2 (Covid-19). 
É importante informar que esse teste só serve para saber se a pessoa está com covid-19 no momento. Ele não identifica se o paciente tem alguma imunidade, ou seja, se possui anticorpos contra a covid-19. 
Veja também: Teste de Covid: saiba tudo sobre as opções disponíveis! 

Quando é solicitado? 


Quando o paciente apresenta os sintomas da doença. O recomendado é que a pessoa faça o exame entre o 3° e 5º dia de sintomas, dependendo do tipo de coleta. 
É importante respeitar esse tempo, porque é dentro desses 10 dias que a carga viral está mais elevada, o que permite detectar a presença de RNA do SARS-CoV-2.  

Pessoas sem sintomas podem fazer esse exame?


Sim, principalmente, quem teve contato recente com uma pessoa diagnosticada com Covid-19. 


Como é feito? 


Existem 2 formas principais de coletar o material para o exame de PCR: via swab nasal ou saliva. 

1. RT-PCR via Swab Nasal 


É a versão padrão do exame de PCR. Muita gente tem medo de fazê-lo, porque ele causa um pouco de incômodo na hora da coleta. Mas isso não é motivo para se preocupar! Apesar de ser desconfortável, esse teste não causa dor.
Feito com o swab nasal (uma espécie de cotonete), essa ferramenta coleta secreções no nariz e da orofaringe para encontrar diretamente o material genético (RNA) do coronavírus. 
Para ter um resultado mais preciso, o ideal é fazer o exame entre o 1° e 10° dia de sintomas. 

2. RT-PCR salivar 


Para quem fica muito incomodado com o exame com o swab, uma alternativa é fazer a coleta da saliva. 
A análise do resultado é igual a do exame padrão. A diferença é que o paciente vai ter que colocar, no mínimo,  2 ml de saliva em um pote. O ideal é fazer o PCR salivar entre o 1° e o 7º dia de sintomas.

Contraindicação:


O RT-PCR salivar não é recomendado para diagnosticar o novo coronavírus em bebês e crianças que não conseguem juntar toda a quantidade de saliva necessária.

O que pode afetar o resultado do PCR salivar?


A alimentação pode afetar – e muito – o resultado. Por esse motivo, o mais recomendado é que, 30 minutos antes da coleta, a pessoa evite: 
  • Beber;
  • Comer;
  • Escovar os dentes;
  • Fumar;
  • Mastigar chiclete;
  • Utilizar enxaguante bucal. 

Veja também:  #BeepExplica: Exames de Rotina – Colesterol e Triglicerídeos 


De que forma é feita a análise? 


Imagem de laboratório com uma profissional fazendo uma análise clínica de exame de PCR para Covid-19.
Depois da coleta do material do exame de PCR, são realizadas algumas etapas: 
1. Ele utiliza a enzima transcriptase reversa para transformar o RNA do SARS-CoV-2 em DNA complementar (cDNA); 
2. Em seguida, são inseridas duas fitas simples de DNA (também chamadas de primers) na amostra para ampliar o material genético em até 100 milhões de vezes.
É com essa ampliação que é possível verificar com uma clareza maior se o material analisado corresponde ao SARS-Cov-2 (covid-19). Se houver sinais de presença do vírus, significa que a pessoa está com Covid-19. 

O resultado é seguro? 


Sim. Ele é um exame considerado “padrão ouro” pelos infectologistas porque tem um grau de confiabilidade maior do que 90%, ou seja, possui menos incidência de resultado falso positivo. 

Em quanto tempo o resultado fica pronto?


O tempo médio é entre 12h e 7 dias, mas isso vai depender da empresa responsável pelos exames de PCR. Aqui na Beep, o resultado sai em até 3 dias úteis.  

Quanto custa? 


Se o paciente for fazer pela rede pública de saúde (SUS), ele não vai pagar nada pelo exame de PCR. Caso ele prefira fazer na rede particular, o preço vai variar de acordo com a empresa. Aqui na Beep, o RT-PCR custa a partir de R$ 295.  

Onde fazer o exame? 


Tanto a rede pública quanto a privada oferecem o serviço de RT-PCR. Aqui na Beep, por exemplo, você pode fazer exame de covid-19 (PCR via swab ou salivar) sem precisar sair de casa, de domingo a domingo e sem pagar taxa domiciliar. Baixe o app e agende uma visita! 

Importante:


Você pode tirar suas dúvidas e fazer os agendamentos dos exames e vacinas desejados diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar!
Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Se você já precisou fazer um exame de PCR, compartilhe sua experiência com a gente! Assim, você vai contribuir para ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.

Fontes: 


Beep Saúde | Veja Saúde | Rede D’Or |