DTPa, dTpa, DTPw, dTpa-VIP: são tantas siglas parecidas que é quase impossível não se perder com os significados dessas vacinas. Então, para te ajudar a diferenciá-las, vamos, neste post, explicar mais sobre uma delas   a vacina dTpa-VIP. Confira! 

Criança olha para a técnica de enfermagem após tomar a dtpa vip. Ela está no colo do pai


Neste post, você vai saber:



 O que é a vacina dTpa-VIP?


A vacina dTpa-VIP (tetra bacteriana acelular do tipo adulto) é aplicada de forma intramuscular e protege contra quatro doenças: 
  • Coqueluche;
  • Difteria;
  • Poliomielite;
  • Tétano. 

Ela é inativada, ou seja, utiliza na sua composição os agentes infecciosos (vírus ou bactérias) mortos e alterados ou só partículas deles. 


Quer entender melhor quais são as doenças prevenidas pela vacina dTpa-VIP? 


Veja este breve resumo sobre cada uma das quatro doenças que a vacina dTpa-VIP protege: 
  • Coqueluche: essa doença é uma infecção respiratória causada pela bactéria Bordetella pertussis. Um dos sinais e sintomas mais característicos dessa enfermidade é a presença da tosse seca espasmódica, que leva a pessoa a ter falta de ar; 
  • Difteria: é uma doença grave causada pela bactéria Corynebacterium diphtheriae. Os principais sintomas dessa doença são: cansaço, dor de garganta discreta, febre e palidez;
  • Poliomielite: o poliovírus é o vírus causador dessa enfermidade. Alguns de seus sintomas são: febre, dor de cabeça e de garganta e mal-estar. Em casos graves, pode causar paralisia e até levar a pessoa à morte;
  • Tétano: é uma doença grave (que pode levar à morte) causada pela toxina da bactéria Clostridium tetani. Um dos sinais mais característicos do tétano é a presença de contrações dos músculos do pescoço e tronco de forma involuntária. 

VIP, VOP, dTpa e dTpa-VIP: qual é a diferença entre elas? 


Uma das principais diferenças entre as vacinas VIP, VOP, dTpa e dTpa-VIP está relacionada à quantidade de doenças que cada uma delas previne. Os imunizantes VIP e VOP, por exemplo, só protegem contra a poliomielite, sendo a VIP injetável (com vírus inativado) e a VOP oral (com vírus atenuado).
Já a dTpa previne 3 doenças em uma única dose: coqueluche, difteria e tétano. A dTpa-VIP, além de fazer a proteção contra essas mesmas 3 enfermidades da dTpa, também previne a poliomielite (paralisia infantil) em uma única aplicação.  

Qual é o esquema de doses da dTpa-VIP? 


Qualquer dose de dTpa pode ser trocada pela dTpa-VIP. Ela também pode ser aplicada em pessoas que vão viajar para locais que têm risco de poliomielite, como: Bolívia, Equador, Paraguai, Venezuela, entre outros. Nesse caso, mesmo quem está com o seu esquema de doses de dTpa completo, também pode tomar a vacina dTpa-VIP.

Para quem essa vacina é indicada? 


A vacina dTpa-VIP é indicada pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) nas seguintes situações: 

Para quem a vacina dTpa-VIP é indicada 

Recomendação

Crianças com mais de 3 anos

A vacina dTpa-VIP é indicada como dose de reforço para essas 3 faixas etárias. No caso dos adolescentes e adultos, eles podem trocar a dTpa pela dTpa-VIP. 

Adolescentes

Adultos

Crianças com idade entre 4 a 5 anos

Pode ser utilizada para substituir o reforço feito com a DTPa (vacina tríplice bacteriana acelular do tipo infantil) e outras combinações dela. 

Pessoas que estão com viagem marcada para locais que podem ter a poliomielite, como: Bolívia, Venezuela, entre outros

Aplicar a vacina dTpa-VIP no lugar da dTpa é o mais recomendado nesses casos.

Mulheres grávidas

Trocar a vacina dTpa pela dTpa-VIP se a 1ª não estiver disponível ou se a gestante for viajar para algum lugar que tenha risco da doença. 


Quem não deve aplicar essa vacina? 


Assim como a vacina dTpa, a dTpa-VIP não deve ser aplicada em pessoas que já tiveram algum tipo de reação alérgica grave, com sério risco de morte (anafilaxia), em duas situações: 
  • Quando entrou em contato com algum componente desse imunizante; 
  • Depois de tomar uma dose de dTpa-VIP. 

Para você entender melhor quais componentes seriam esses, veja a tabela abaixo: 

A imagem é composta por uma ilustração de uma mulher de coque apontando para o adesivo da vacina após tomar a dtpa-vip. Na imagem, está escrito o seguinte: Componentes da vacina dTpa-VIP Derivados das toxinas produzidas pelas bactérias Corynebacterium diphtheriae (causadora da difteria) e Clostridium tetani (causadora do tétano). Essas substâncias são chamadas, respectivamente, de toxoides diftérico e tetânico; Componentes da cápsula da Bordetella pertussis (agente causador da coqueluche); Vírus poliovírus (agente causador da poliomielite) dos tipos 1, 2 e 3 mortos (inativados); Água; Sal de alumínio; 2-fenoxietanol; Polisorbato 80; Cloreto de sódio. Em alguns casos, ela pode ter também traços das seguintes substâncias: Formaldeído; Neomicina; Polimixina B.


A vacina dTpa-VIP causa alguma reação?


Veja as possíveis reações adversas:  

A imagem mostra uma tabela simples com as reações da dtpa-vip. Na imagem, está escrito o seguinte: Possíveis reações da Vacina Tríplice Bacteriana + VIP Crianças de 3 a 9 anos de idade: Reações muito comuns: irritabilidade, sonolência, reações no local da injeção (incluindo dor, vermelhidão e inchaço), cansaço. Reações comuns: perda de apetite, dor de cabeça, febre maior ou igual a 37,5ºC. Reações incomuns: distúrbios gastrointestinais (diarreia e vômito), infecções do trato respiratório superior, distúrbios na atenção, conjuntivite, rash cutâneo (erupções na pele), outras reações no local de injeção (como enduração). Reações raras: convulsões (com ou sem febre), urticária, inchaço extenso do membro vacinado (reação de Arthus), fraqueza, reações alérgicas (incluindo reações anafiláticas). Adultos, adolescentes e crianças acima de 10 anos de idade: Reações muito comuns: dor de cabeça, reações no local da injeção (incluindo dor, vermelhidão e inchaço), cansaço, mal-estar. Reações comuns: tontura, náusea, distúrbios gastrointestinais, febre maior ou igual a 37,5ºC, reações no local da injeção (como inchaço no local de injeção e abscesso estéril no local de injeção). Reações incomuns: infecções do trato respiratório superior, faringite, aumento dos gânglios no local da injeção (linfadenopatia), desmaio, tosse, diarreia, vômito, suor excessivo, coceira, rash (erupção na pele), dor e rigidez na musculatura e articulações, febre acima de 39ºC, sintomas semelhantes aos da gripe. Reações raras: convulsões (com ou sem febre), urticária, inchaço extenso do membro vacinado (reação de Arthus), fraqueza, reações alérgicas (incluindo reações anafiláticas).


A sua caderneta de vacinação e a da sua família estão em dia? Avalie gratuitamente! 


Facilite a sua vida e envie para a gente a sua caderneta e/ou a da sua família. A nossa equipe verificará para você gratuitamente! Quer saber como? Acesse a nossa página sobre o AOC e descubra como esse serviço funciona. 

Precisa tomar a vacina dTpa-VIP? Aplique sem sair de casa! 


Chega de ter que se arrumar para sair de casa e enfrentar filas para se vacinar. Com a Beep, a nossa equipe vai até a sua residência. Como o nosso atendimento é feito de domingo a domingo (incluindo feriados), você pode escolher o dia que melhor se encaixa na sua rotina. Ah, e você não paga taxa domiciliar.  Agende agora mesmo!