Cansaço, lentidão, pele e cabelos secos: esses são alguns sinais e sintomas de uma das doenças que atingem a glândula tireoide: o hipotireoidismo. Quer saber o que é hipotireoidismo? Neste post, vamos falar como diagnosticar, tratar e muito mais. Leia o artigo na íntegra para entender melhor o assunto! 

Mulher com os olhos fechados tocando com as duas mãos a região da garganta. Essa imagem representa o post sobre o que é hipotireoidismo.


Menu



O que é tireoide?


A tireoide é uma glândula que fica no pescoço. Observe, na foto abaixo, que ela se parece muito com a letra “H” ou até mesmo com uma borboleta. Muitas pessoas não sabem, mas essa glândula tem um papel fundamental: regular o metabolismo do corpo para o pleno funcionamento do cérebro, coração, fígado e rins.
Imagem mostra o pescoço de uma mulher. É possível ver uma ilustração da glândula tireoide. Essa foto também é utilizada para ilustrar o post sobre o que é hipotireoidismo.
É preciso esclarecer também que os hormônios tri-iodotironina (T3) e tiroxina (T4) são feitos pela própria glândula tireoide. Ambos são importantíssimos, porque regulam o organismo e o metabolismo. 

Um fato curioso: a tireoide não regula a quantidade de T3 e T4 que ela mesma precisa gerar. O hormônio  TSH é responsável por isso. Ele é produzido em uma glândula que fica um pouco distante dali, localizada na hipófise. Ela está na base do cérebro humano. 

O que é hipotireoidismo? 


Quando a glândula tireoide tem uma disfunção e acaba produzindo menos hormônios tireoidianos do que o nosso corpo realmente precisa, ocorre o hipotireoidismo. Essa doença também é chamada de tireoide hipoativa.

Quais são as causas do hipotireoidismo?


O hipotireoidismo pode ser causado por: 
  • Excesso ou falta de iodo na alimentação;
  • Disfunção na hipófise: ação capaz de bloquear a produção de TSH e, como consequência, impactar também na fabricação dos hormônios tireoidianos (T3 e T4);
  • Tireoidectomia: cirurgia para retirar de forma total ou parcial a tireoide;
  • Tireoidite de Hashimoto: doença autoimune que é muito frequente em mulheres. Ela ocorre quando o sistema imune sofre uma alteração e cria anticorpos que atacam as próprias células da tireoide; 
  • Utilização de radiação para a destruição da glândula tireoide.


Quais são os sinais e sintomas do hipotireoidismo? 


A pessoa com o hipotireoidismo pode apresentar os seguintes sintomas:
  • Bócio (aumento da glândula tireoide);
  • Cabelo secos;
  • Cansaço;
  • Ciclo menstrual irregular;
  • Constipação;
  • Depressão mental;
  • Lentidão;
  • Pele seca;
  • Pode ganhar de 2 a 4 kg;
  • Entre outros.

Os exames de tireoide são recomendados para quem? 


Os exames de tireoide, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), são recomendados para: 
  • Pessoas que apresentaram algum sinal ou sintoma dessa doença;
  • Quem teve algum parente diagnosticado com alguma enfermidade na glândula tireoide;
  • Pessoas do sexo feminino com 60 anos ou mais (sintomáticas ou assintomáticas);
  • Mulheres que estão no começo da gestação;
  • Quem pretende engravidar.

Como é feito o diagnóstico do hipotireoidismo? 


Exame de TSH e T4 são exames de sangue utilizados para diagnosticar a presença de hipotireoidismo. Em bebês recém-nascidos, o teste do pezinho consegue detectar a doença. 


Como saber se alguém está com hipotireoidismo?


Quando o TSH está alto e o T4 baixo, isso quer dizer que a pessoa tem hipotireoidismo. É necessário ter atenção em uma situação específica: se a doença estiver bem no começo ou em um nível leve, é provável que o TSH esteja elevado e a dosagem de T4 normal. De qualquer maneira, é o médico quem tem que avaliar corretamente. 

Como é feito o tratamento do hipotireoidismo? 


O tratamento é feito, basicamente, com remédios que servem para repor o hormônio da tireoide. 

O que pode acontecer se o hipotireoidismo não for tratado?


As consequências de um tratamento de tireoide não adequado variam de acordo com o público:
  • Adultos: podem ter doenças no coração ocasionadas pelo aumento de colesterol e empobrecimento tanto do desempenho mental quanto físico. Em casos graves, pode surgir o coma mixedematoso, uma enfermidade grave capaz de levar a pessoa a óbito;
  • Bebês: podem ter problemas em seu crescimento e também atraso no desenvolvimento neurológico; 
  • Grávidas: podem comprometer o desenvolvimento cerebral do feto. 

Hipotireoidismo tem cura? 


É muito raro encontrar pessoas que conseguem se curar do hipotireoidismo. Geralmente, o tratamento dessa doença dura por tempo indeterminado.

Existe alguma dieta que a pessoa com hipotireoidismo deve seguir? 


Um indivíduo com alterações na tireoide (hiper ou hipotireoidismo) deve manter uma alimentação equilibrada e evitar a ingestão exagerada de sal. Outra recomendação é não comer couve, nabo, repolho e soja diariamente. O ideal é que eles sejam consumidos, no máximo, duas vezes por semana porque são alimentos que podem causar bócio (aumento da tireoide).

O que fazer para evitar o hipotireoidismo?


Para a formação dos hormônios da tireoide T3 e T4, é ideal que ocorra a ingestão adequada de iodo. Esse mineral está presente no sal de cozinha e em frutos do mar. Porém, não se deve fazer uma ingestão em excesso. Lembrando que o hipotireoidismo causado pela ausência de tireoide ou o Hashimoto não são passíveis de prevenção, já que existem outros fatores envolvidos. 

Faça exames de tireoide no conforto da sua casa com a Beep Saúde!


Você sabia que, aqui na Beep, é possível fazer os exames de tireoide: TSH, T3 Livre/total e T4 Livre/total e Teste do Pezinho no conforto da sua casa? A melhor parte é que o nosso atendimento acontece de domingo a domingo (inclusive nos feriados) e você não paga nenhuma taxa domiciliar!