Exame de TSH é um dos exames de tireoide solicitados por clínicos gerais e/ou endocrinologistas para avaliar o funcionamento desta glândula localizada no pescoço, logo abaixo do “Pomo-de-Adão” – popularmente conhecido como “gogó”.

Mulher com o braço estendido em cima de uma mesa com um elástico amarrado no braço. Ao fundo, mostra um profissional da saúde preparando o exame de sangue. A foto serve para ilustrar o post sobre o que é exame de tsh.


Neste post, você vai ver:

Para que serve o TSH? 


O TSH, sigla em inglês para Thyroid Stimulanting Hormone, significa Hormônio Estimulador da Tireoide. É um hormônio produzido pela hipófise (uma pequena glândula localizada no meio do cérebro). 
O papel do TSH é estimular a glândula tireoide a produzir a Tri-iodotironina (T3) e Tiroxina (T4). Ele também dá a ordem para diminuir ou aumentar a fabricação desses hormônios tireoidianos. 


O que é exame de TSH? 


O exame TSH é responsável por analisar alterações na glândula tireoide a partir de uma coleta de sangue. Após a realização desse teste inicial, o médico pode solicitar exames complementares, como: T4 livres/ total e T3 livres/total. O conjunto desses exames é chamado de provas de função tireoidiana.

Veja também: Como fazer exame de sangue e quais são os tipos 


Para que serve o exame TSH ultra-sensível?


O exame de TSH ultra-sensível, ao contrário do normal, tem um método de diagnóstico mais avançado capaz de identificar níveis tão baixos de TSH quanto 0,1 mU/L.

Qual é a diferença entre TSH e T4 livre?


O exame de TSH é uma avaliação inicial que tem o objetivo de investigar problemas na glândula tireoide. Ele vai verificar qual tipo de hormônio está em excesso e causando doenças, como: hipertireoidismo ou hipotireoidismo.
Já o exame de T4 faz uma análise complementar, logo após a realização do TSH. O seu objetivo é verificar a quantidade de T4 total e livre que são hormônios responsáveis por auxiliar o metabolismo, fornecendo a energia necessária para o funcionamento correto do organismo. 

Quando ele é solicitado? 


O exame de TSH pode ser prescrito para detectar possíveis doenças, como: 

Lembrando que os médicos também podem solicitar a realização de exame de TSH em pessoas que, aparentemente, não têm problemas só para verificar a função dessa glândula. 

Como é feito o exame de TSH?  


Mão com luva segurando uma ampola cheia de sangue. A imagem ilustra o post sobre o que é exame de tsh.
Para realizar o exame de TSH, é feito uma coleta de sangue da mesma maneira que outros exames de sangue convencionais.

É preciso ficar em jejum? 


Não é necessário estar em jejum ou fazer qualquer preparo prévio específico. Caso você use alguma medicação contínua, informe ao médico, pois alguns remédios podem interferir no resultado do exame de TSH

Qual é o nível normal do TSH? 


Os valores de referência variam de acordo com a idade e laboratório. Em média são:  
  • Recém-nascidos com 1 semana de vida: 15 μUI/mL;
  • Bebês com 2 semanas de vida até 11 meses: entre 0,8 e 6,3 μUI/mL;
  • Crianças de 1 a 6 anos: entre 0,9 e 6,5 μUI/mL;
  • Jovens de 7 a 17 anos: entre 0,3 e 4,2 μUI/mL;
  • Adultos com mais de 18 anos: entre 0,3 e 4,0 μUI/mL.

Os níveis normais de TSH no sangue também variam conforme a fase da gestação. Veja os valores: 
  • 1º trimestre: entre 0,1 e 3,6 mUI/L (μUI/mL);
  • 2º ao 3º trimestre: entre 0,4 e 4,3 mUI/L (μUI/mL).


Quando o TSH é considerado alto?


Enfermeira usando máscara, luva e estetoscópio mostrando uma ampola de sangue escrito TSH. Essa foto serve para ilustrar o post sobre o que é exame de TSH.  
TSH alto significa que a glândula tireoide não está fabricando os hormônios T3 e T4 suficientes. Para tentar compensar isso, a hipófise aumenta os níveis de TSH na corrente sanguínea para que a tireoide consiga exercer a sua função adequadamente. 
A presença de TSH alto no sangue pode indicar alguma dessas doenças abaixo: 
  • Hipotireoidismo subclínico: é uma forma inicial e mais branda de hipotireoidismo. Nesse caso, é quando o aumento de TSH no sangue ainda consegue estimular a produção de T3 e T4 em níveis adequados.
  • Hipotireoidismo clínico: é uma forma mais grave de hipotireoidismo. É quando o nível de TSH está alto e a glândula tireoide não consegue produzir hormônios suficientes para normalizar os níveis sanguíneos. Uma das características dessa doença é a presença de TSH alto e T4 baixo.
  • Tumor na hipófise: também chamado de tumor pituitário, ele significa crescimento de uma massa anormal na glândula hipófise. Geralmente, esses tipos de tumores são benignos. 

A utilização de baixas doses de remédios contra o hipotireoidismo e medicação com iodo podem aumentar a concentração de TSH na corrente sanguínea. Outros remédios que podem aumentar o TSH no sangue são: 
  • Furosemida;
  • Lítio;
  • Propranolol.


Quando o TSH é considerado baixo?


TSH baixo significa que a glândula tireoide está fabricando os hormônios T3 e T4 em excesso. Então, quando se tem muito hormônio circulando na corrente sanguínea, a hipófise diminui a liberação de TSH para tentar regular a função da tireoide. 
A presença de TSH baixo no sangue pode indicar – além do tumor da hipófise – alguma dessas doenças abaixo:
  • Hipertireoidismo subclínico: é uma forma inicial e mais branda de hipertireoidismo. Nesse caso, é quando os níveis de T4 livre estão normais, mesmo com a redução de TSH no sangue.
  • Hipertireoidismo clínico: é uma forma mais grave de hipertireoidismo. É quando o nível de TSH está baixo e a glândula tireoide produz T4 livre em excesso na corrente sanguínea. 

Faça o exame de TSH em casa com a Beep!


A vantagem de fazer o exame de TSH com a gente é que você pode realizá-los no conforto da sua casa. O nosso atendimento é feito de domingo a domingo (incluindo feriados) e você não paga taxa domiciliar. Baixe o nosso aplicativo e agende a visita da nossa equipe agora mesmo.