Entenda como fazer exame de sangue, quais são os mais solicitados e porque é tão importante.


O exame de sangue, geralmente, é solicitado após uma consulta médica, na qual o médico especialista solicita para investigar determinadas doenças ou como rotina para detectar alterações mais precoces.
São diversos tipos de exames, responsáveis por informar algumas condições de saúde e cada um tem suas regras na hora da coleta. Veja abaixo como fazer exame de sangue:


Um médico segurando dois tubos com amostra de sangue

Quanto tempo em jejum para realizar exame de sangue?


O tempo de jejum difere para cada tipo de exame. Antigamente, era solicitado até 12 horas de jejum. Porém, atualmente, isso não é mais necessário para a maioria dos exames. Muitas vezes, pede-se apenas uma alimentação especial horas antes da coleta.
Nos exames em que o jejum ainda é uma obrigação, o tempo costuma variar entre 3 e 8 horas, dependendo de cada um. Entretanto, é importante saber que o jejum nunca deve ultrapassar o total de 14 horas.

Alguns tipos de exames de sangue


         > Colesterol total/HDL/LDL/Triglicerídeos (também chamado lipidograma ou perfil lipídico)

  • Servem para: Estimar os níveis de gordura no sangue e riscos de arteriosclerose, avaliar   riscos de AVC (derrame), aneurisma, pressão alta, doenças do coração etc. 
  • Orientações: É recomendada uma dieta leve por 5 dias; não se deve ingerir bebida alcoólica até 72 horas antes; e não é aconselhável a prática de exercícios físicos intensos até 24h antes do exame. O jejum pode variar entre 0 e 14 horas, para todas as faixas etárias, dependendo do pedido médico e do laboratório.

> Hemograma

 
  • Serve para: Avaliar as plaquetas e células vermelhas e brancas do sangue para identificar possíveis doenças como anemias ou infecções.
  • Orientações: É recomendado que não seja feito esforço físico até 24h antes do exame. O jejum depende do pedido médico, mas, geralmente não é necessário.

> Glicose

  • Serve para: Avaliar as taxas de açúcar no sangue, podendo identificar possível quadro de diabetes no qual aumentam os níveis de glicose ou hipoglicemia indicada por baixa taxa de glicose no sangue. Pode acontecer hiperglicemia (alta taxa de glicose no sangue) sem que seja necessariamente diabetes.
  • Orientações: Evitar esforço físico antes da coleta de sangue. O jejum para crianças de até 3 anos é, em geral, de 3 horas. Para os demais pacientes o jejum deve ser em torno de 12 horas e não pode passar do total de 14 horas.

 

>PCR (Proteína C Reativa)

  • Serve para: Identificar a presença de alguma inflamação no organismo.
  • Orientações: Não existe necessidade de jejum e nem de preparo prévio.

 

>Tireoide (TSH/T4/T3)

  • Serve para: Avaliar o funcionamento da glândula tireoide e detectar doenças na região como hipo ou hipertiroidismo.
  • Orientações: Não existe necessidade de jejum e nem de preparo prévio específico. Porém, determinados medicamentos podem interferir no resultado. Então é sempre importante informar ao médico caso use alguma medicação contínua.

Clique aqui para mais informações sobre exame de tireoide

 
 

>Função renal (Ureia/Creatinina)

  • Serve para: Detectar excesso de proteína na urina para avaliar a funcionalidade dos rins e prováveis doenças no órgão.
  • Orientações: Para o exame de Creatinina não existe necessidade de jejum e nem de preparo prévio; para o exame de Ureia, é pode ser necessário jejum de 3 horas.

 

>Hepatites

  • Serve para: Detectar alguma infecção causada pelo vírus das hepatites A, B ou C.
  • Orientações: Não existe necessidade de jejum e nem de preparo prévio.

Veja também: A Beep agora também faz exames em casa. Confira!


De quanto em quanto tempo preciso fazer exame de sangue?


É sempre importante realizar uma avaliação médica geral para investigar sua saúde e garantir que tudo esteja bem. Não havendo nenhum tipo de anormalidade, doença, inflamação ou infecção, o recomendado é realizar os exames uma vez ao ano.
Quem já tem algum problema de saúde, é importante estar sempre em dia com seus exames de rotina e recomendações do médico.
Um homem com o braço esticado e apoiado em cima de uma mesa, enquanto um médico está fazendo a coleta de sangue

Como é feita a coleta de sangue?


A coleta do exame de sangue é feita, geralmente, por punção venosa (procedimento em que introduz a agulha em uma veia para retirar sangue ou aplicar algum medicamento). Além de não ser um procedimento demorado, o paciente costuma sentir uma leve picada e incômodo, porém nada que cause dor extrema.
Já para a coleta de sangue em crianças, é necessário um pouco mais de cuidado, além de agulhas menores. Assim, o exame será mais tranquilo.
Para a realização da coleta, o profissional responsável deverá orientar o paciente a se sentar em uma poltrona, cadeira ou sofá com encosto firme e algum tipo de apoio, onde ele possa esticar o braço em cima. Em seguida, deve apresentar ao paciente a agulha lacrada e todo o material hospitalar higienizado e devidamente adequado para o exame.
Um homem está sentado e com o braço esticado, enquanto a médica está fazendo a higienização na região onde será feita a coleta de sangue
Logo depois, deverá ser feita a limpeza no local geralmente com álcool 70 onde será coletado o sangue. Amarra-se um “garrote” (um tipo de elástico de látex) no braço do paciente para facilitar a localização da veia.
Após a coleta com a seringa, o tubo com a amostra de sangue, previamente identificado, deverá ser encaminhado ao laboratório para análise. 

Para que serve o exame de sangue?


Como fazer exame de sangue você já sabe. Agora, vamos entender para o que ele serve! O exame de sangue reflete como anda o funcionamento do organismo e o quão saudável o paciente está.
Doenças crônicas como diabetes, hipertensão, doença da tireoide etc., podem ser diagnosticadas com um simples exame de sangue, associado a um exame físico.

Clique aqui e saiba mais sobre as opções do teste de Covid-19.


Composição do sangue


Para entender melhor o resultado dos exames é importante saber como é a composição sanguínea. 
  • Plasma: elemento líquido que compõe aproximadamente 55% do sangue, além das proteínas, anticorpos, hormônios, gorduras, vitaminas e glicose;
  • Glóbulos vermelhos: parte que contém a hemoglobina, proteína responsável por distribuir oxigênio aos tecidos do corpo;
  • Glóbulos brancos: conhecido também como “leucócitos”, são as células que protegem o nosso organismo de doenças e garantem a boa saúde;
  • Plaquetas: estruturas que auxiliam a coagulação sanguínea.

Como interpretar os exames


O laudo do exame aponta o valor dos seus resultados onde devem ser analisados e a comparação com valores de referência de cada componente. Assim, serão detectados possíveis alterações no seu organismo.
Lembre-se: o exame de sangue deve ser realizado sempre com um pedido médico e o laudo interpretado e analisado pelo mesmo. Só ele poderá detectar e diagnosticar possíveis doenças e fazer as devidas orientações ao paciente.

Importante:


Você pode tirar suas dúvidas e fazer os agendamentos dos exames e vacinas desejados diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar!
Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Conta aqui pra gente como é fazer exames de sangue para você! Assim, você contribui para ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.
Fontes:
Sérgio Franco | Laboratório São Francisco | Côrtes Villela Medicina | Laboratório Cerpe | Fleury