Durante o Novembro Azul, o exame de PSA e o toque retal são muito divulgados para ajudar a detectar alterações que indicam a presença de doenças, como o câncer de próstata. Contudo, será que esse exame busca identificar só essa enfermidade? Leia o nosso post e entenda para que serve o exame de PSA e muito mais! 

Luva segurando uma ampola de sangue com um check para o resultado positivo. Essa imagem ilustra o post para que serve o exame de PSA.


Neste post, você vai ver:

O que é PSA? 


PSA é a sigla em inglês de Prostate-Specific Antigens (Antígeno Prostático Específico). Ele é uma proteína produzida pelo tecido prostático dos homens, até mesmo quando a próstata está saudável.
A mudança ocorre em decorrência da quantidade dessa proteína em circulação no corpo, que se altera, principalmente, quando o homem tem alguma doença na próstata. Por esse motivo, médicos pedem um exame para verificar os níveis de PSA no sangue.Cabe ao médico urologista verificar se essa alteração nos níveis de PSA ocorre devido a uma causa benigna ou maligna.
É importante, ainda, dizer que não é só por causa de doenças que os níveis de PSA podem subir. Como a próstata humana costuma aumentar de forma benigna ao longo dos anos, os níveis de PSA também podem crescer por esse motivo.

Para que serve o exame de PSA? 


O exame de PSA serve para medir a concentração dessa proteína na corrente sanguínea. Ele é solicitado pelos médicos para o início das investigações de doenças da próstata. A coleta é feita da mesma maneira que outros exames de sangue convencionais e o profissional pode pedir a medição do PSA Livre e/ou Total. 
Por ser um exame inicial, em associação à realização do toque retal, o profissional da saúde pode solicitar outros exames para complementar o diagnóstico, a depender da suspeita clínica, como: ressonância magnética e biópsia.


Quais doenças o exame de PSA ajuda a identificar? 


O exame de PSA pode verificar se existem alterações que indiquem a presença de três tipos de doenças: câncer de próstata, hiperplasia prostática benigna (HPB) e prostatite. 
  • Câncer de próstata: acontece quando o crescimento descontrolado de células anômalas forma tumores malignos na próstata;
  • Hiperplasia prostática benigna: crescimento da próstata de forma benigna;
  • Prostatite: infecção e/ou inflamação da próstata e das áreas ao seu redor. 


Qual é o preparo para esse exame? 


Não é necessário estar em jejum para fazer o exame de PSA Total e Livre, mas o paciente deve se abster de relações sexuais e de ejaculação 48 horas antes da coleta de sangue. 
Além disso, nesse período que antecede o exame, preconiza-se: 
  • Não andar de bicicleta ou de motocicleta;
  • Não praticar equitação;
  • Não realizar procedimentos que levem à estimulação prostática, incluindo o próprio toque retal e a ultrassonografia transretal com biópsia e exame de cistoscopia, por exemplo.

É preciso ter prescrição médica? 


Os exames de PSA Total e Livre não precisam de prescrição médica se forem feitos pela Beep Saúde.

Quais são os valores de referência do exame de PSA?


Valores de referência PSA Total


O valor de referência do exame de PSA Total deve ser inferior a 2,5 ng/ml nos homens. Quanto maior a concentração de PSA Total no sangue, mais chances da pessoa ter alguma doença na próstata. 

Valores de referência PSA Livre


Não existem valores de referência de PSA Livre preestabelecidos na literatura, porém, quanto menor a relação PSA livre/total, maior a chance de malignidade da próstata. 

Como interpretar o exame de PSA?


A interpretação do exame de PSA é complexa e deve ser cautelosamente analisada pelo urologista ou pelo clínico assistente. Eles devem considerar os níveis dessa proteína com base em diversos fatores, como: a idade da pessoa, a presença de inflamação ou nódulos na próstata e o tamanho da glândula.
É importante ressaltar que não é quando o exame de PSA acusa um valor baixo que o diagnóstico é positivo para uma doença prostática, como o câncer de próstata, por exemplo.  Além disso, quando a pessoa está com PSA alto, também não significa obrigatoriamente que ela esteja com alguma condição grave. 
Cabe ao médico assistente analisar criteriosamente caso a caso e suas peculiaridades, considerando sempre o contexto global dos achados. 

Exame de PSA no conforto da sua casa! 


Por que sair de casa para fazer o exame de PSA se a Beep Saúde tem uma equipe especializada que vai até você? O nosso atendimento é feito de domingo a domingo (incluindo feriados) e sem cobrar taxa domiciliar.