Síndromes dos ovários policísticos e alguns tipos de tumores dos ovários, dos testículos e das suprarrenais são algumas doenças que podem ser identificadas por meio de um exame de testosterona. Quer entender melhor o que é esse hormônio, qual é a importância dele e muitas outras informações? Leia o nosso post completo! 

Ampola de sangue para o exame de testosterona.


Neste post, você também vai ver:

O que é testosterona? 


A testosterona é um hormônio sexual presente tanto em pessoas do sexo masculino quanto feminino (em quantidade muito menor, cerca de 15 a 20 vezes menos). A maior parte da produção da testosterona nos homens ocorre nos testículos. Já nas mulheres, ela é fabricada parte nos ovários e parte nas glândulas suprarrenais.  

Importância da testosterona 


Nos homens, a testosterona tem um papel fundamental em seu desenvolvimento ao longo da vida. Boa parte das características masculinas (como maior presença de pelos no corpo, voz grossa, massa muscular, entre outros) resultam da ação desse hormônio no organismo. 
Já a sexualidade feminina é complexa e não é só relacionada aos hormônios, como a testosterona. Fatores psicossociais, como: cultura, crenças religiosas, autoestima, depressão, traumas sexuais (como abuso), tipo de relacionamento afetivo, doenças e o uso de medicamentos também influenciam.  

Por que é importante e quando verificar os níveis da testosterona?


Basicamente, é recomendada a dosagem de testosterona nos homens quando há sintomas compatíveis com a deficiência deste hormônio, tais como: fadiga, diminuição de energia, perda de libido e disfunção erétil (impotência).
Já nas mulheres, faz sentido solicitar a dosagem quando houver quadro clínico compatível com o excesso deste hormônio, como: oleosidade de pele, acne excessiva, espaçamento ou interrupção da menstruação e excesso de pelos corporais.

Nível alto de testosterona


Quando homens e mulheres têm no seu organismo a presença de níveis elevados de testosterona naturalmente (sem a utilização de suplementos ou esteroide anabolizante), isso pode indicar a presença de algumas doenças, como: 
  • Alguns tipos de tumores de ovário (apenas em mulheres);
  • Alguns tipos de tumores de testículo (apenas em homens);
  • Câncer suprarrenal (em homens e mulheres);
  • Síndrome dos ovários policísticos (apenas em mulheres). 


Nível baixo de testosterona no homem


Quando o homem tem 40 anos ou mais é natural acontecer uma queda (de aproximadamente 1% ao ano) na produção de testosterona. Agora, quando essa diminuição do hormônio é muito brusca, fazendo com que eles cheguem aos 60 e 70 anos com baixos níveis, pode indicar a presença da andropausa ou hipogonadismo masculino tardio
O hipogonadismo surge sempre que o corpo não consegue produzir os níveis adequados desse hormônio, seja porque a glândula hipófise não consegue fabricar os níveis ideais de LH ou por existir algum problema nos testículos. 
Além dos idosos, essa doença pode aparecer também em:
  • Fetos: quando a doença tem origem genética, o que pode causar malformações dos testículos (genitálias);
  • Pré-adolescentes: quando há o uso de alguns medicamentos ou presença de algumas doenças, o que pode fazer a pessoa não entrar na puberdade. 



Uso de testosterona em mulheres


Cabe ressaltar que o uso de testosterona pela mulher não está aprovado no Brasil e não existem medicamentos fiscalizados por órgãos de vigilância sanitária (ANVISA) aqui disponíveis. Mundialmente, não é recomendado o uso de formulações masculinas para mulheres. 
O uso de testosterona por mulheres, sem indicação e com medicamentos inadequados, pode levar a efeitos de curto a longo prazo, como:
  • Aumento do risco cardiovascular;
  • Aumento do clitóris;
  • Dependência psicológica, como: depressão após a retirada, transtorno da imagem corporal e transtornos alimentares;
  • Engrossamento da voz;
  • Espinhas;
  • Excesso de pelos;
  • Queda de cabelo.

O que é o exame de testosterona?


O exame de testosterona é feito a partir de uma coleta de sangue e tem o objetivo de verificar níveis anormais desse hormônio tanto em homens quanto em mulheres. Médicos podem prescrever a dosagem de testosterona livre e total

 

Para que serve o exame de testosterona livre e total?


O exame de testosterona total verifica a quantidade total de testosterona produzida pelo corpo. Já a dosagem de testosterona livre está relacionada à concentração desse hormônio disponível que está pronta para ser absorvida pelo organismo. A testosterona livre corresponde a 2 e 3% da testosterona total. 

Valores de referência da testosterona total


Veja abaixo os valores de referência da testosterona total em mulheres para os exames realizados pela Beep Saúde. Os níveis normais vão variar de acordo com o laboratório responsável pela análise.  
Sexo  Idade

Níveis normais de testosterona total 

        Feminino            Crianças menores de 2 anos 

Não existem valores de referência pré-definidos

Feminino 2 a 7 anos Inferior ou igual a 2,5 ng/dL
Feminino 7 a 13 anos 2,5 a 10,4 ng/dL
Feminino 13 a 18 anos 2,5 a 27 ng/dL
Feminino 18 a 20 anos 4,6 a 38 ng/dL
Feminino 20 a 50 anos 8,4 a 48,1 ng/dL

Feminino

Superior a 50 anos

2,9 a 40,8 ng/dL


Veja abaixo os valores de referência da testosterona total para os homens para exames realizados pela Beep Saúde. Os níveis normais vão variar de acordo com o laboratório responsável pela análise. 
Sexo Idade

Níveis normais de testosterona total 

      Masculino

Crianças menores de 2 anos

Não existem valores de referência pré-definidos

Masculino

2 a 7 anos

Inferior ou igual a 2,5 ng/dL

Masculino

7 a 13 anos

2,5 a 432 ng/dL

Masculino

13 a 18 anos

65 a 778 ng/dL

Masculino

18 a 20 anos

188 a 882 ng/dL

Masculino

20 a 50 anos

249 a 836 ng/dL

Masculino

Superior a 50 anos

193 a 740 ng/dL


Valores de referência da testosterona livre


Veja abaixo os valores de referência da testosterona livre para os exames realizados pela Beep Saúde. Os níveis normais vão variar de acordo com o laboratório responsável pela análise.  
Sexo 

Idade

         Níveis normais de testosterona livre 

      Masculino      

  Abaixo de 17 anos        

Sem valor de referência definido

     Masculino 

17 e 40 anos

3,4 a 24,6 ng/dL
Masculino  41 e 60 anos

2,67 a 18,3 ng/dL

Masculino  Acima de 60 anos

1,86 a 19 ng/dL


Já nas mulheres, os níveis de referência da testosterona livre dependem da fase do ciclo menstrual.

Sexo 

Fase do ciclo menstrual Níveis normais de testosterona livre 

      Feminino     

Pré-púberes (antes da puberdade) 

Sem valores de referência definidos

Feminino

Folicular

0,18 a 1,68 ng/dL

Feminino

Meio do ciclo

0,3 a 2,34 ng/dL

Feminino

Fase lútea

0,17 a 1,87 ng/dL

Feminino Pós-menopausa

0,19 a 2,06 ng/dL


Qual é o preparo para exame de testosterona?


É necessário fazer um jejum de 8 horas para realizar o exame de testosterona total e livre pela Beep Saúde. 

 

Quanto custa o exame de testosterona?


Os exames de testosterona custam a partir de R$ 49,00 aqui na Beep Saúde.

Esqueça a ideia de ficar em pé na fila para fazer o exame testosterona! 


Os exames de testosterona total e livre podem ser feitos pela Beep Saúde no conforto da sua casa, de domingo a domingo (incluindo feriados), e sem cobrar taxa domiciliar. Agende uma visita agora mesmo!