Você já ouviu falar no exame NIPT, mas ainda não sabe ao certo quais são os diagnósticos que ele faz? Nem se ele é simples? 
Enfermeiro segurando uma ampola de sangue que representa o exame NIPT
Nesse post, você vai saber mais informações sobre esse teste pré-natal que é capaz de detectar casos de síndromes genéticas. Leia o post completo e entenda mais sobre esse exame tão importante para a saúde do bebê! 

O que é o exame NIPT? 


A sigla NIPT vem do inglês Non-Invasive Prenatal Testing e significa teste pré-natal não invasivo
Indicado para mulheres com mais de 9 semanas de gestação, ele é um teste genético que serve principalmente para rastrear alterações cromossômicas do feto, como Síndrome de Down, Patau, etc. 
O NIPT é considerado um teste de rastreamento ou triagem, ou seja, ele ‘seleciona’ os fetos com  maior probabilidade de desenvolver a doença sem fechar o diagnóstico. Caso o NIPT apresente alterações cromossômicas no feto, novos exames deverão ser realizados para confirmar o diagnóstico.

Como o NIPT é realizado?


É feita uma coleta de sangue da mãe. Esse procedimento é simples e igual ao dos exames de sangue convencionais. 
É possível fazer esse estudo do DNA do feto com essa técnica não invasiva, porque durante a gravidez uma parte do DNA do feto (Fração Fetal) passa da placenta para o sangue da mãe. E é essa fração que carrega os dados genéticos do bebê. 

Quais são os tipos existentes? 


Existem dois tipos de exames: o convencional e o panorama. A diferença entre eles é que o convencional não faz a separação do material genético da mãe e do feto. Já no NIPT Panorama, é possível separar do sangue coletado da mãe o DNA desta, do DNA fetal. Além disso, ele oferece maior qualidade e precisão no resultado.

Exame NIPT Panorama 


O NIPT panorama é dividido em dois tipos: o básico e o ampliado. Veja qual é a diferença entre eles: 

1. Básico


Ele pode ser realizado em grávidas com gêmeos, “barriga solidária” e também em ovodoação com bebê único. Serve para identificar o sexo e também se o feto tem alguma das principais alterações cromossômicas, como: 
  • Síndrome de Down (Trissomia do cromossomo 21);
  • Patau (Trissomia do cromossomo 18);
  • Edwards (Trissomia do cromossomo 13).

E alterações dos cromossomos sexuais que causam as seguintes síndromes: 
  • Turner (monossomia do X);
  • Klinefelter (monossomia do XXY).

Não é indicado para grávidas com mais de 2 fetos (trigêmeos, quadrigêmeos, etc.) e gestante transplantada de medula óssea.

2. Ampliado


Além de detectar o sexo do bebê e as mesmas alterações cromossômicas do exame básico, ele identifica microdeleções, como: 
  • Síndromes de Angelman (ausência ou mutação no cromossomo 15 de origem materna);
  • Cri du chat (alteração no cromossomo 5);
  • DiGeorge (alterações no cromossomo 22);
  • Prader-Willi (alteração nas áreas q11 e q12 do cromossomo 15 herdado do pai);
  • Síndrome de Deleção 1p36.

Esse exame não pode ser realizado em gestação gemelar, gravidez concebida por ovo doação ou útero de substituição. Também não deve ser feito se a gestante for transplantada de medula.


Por que ele é diferente dos outros exames?


Porque antes do NIPT, para conseguir o material genético do feto, era necessário fazer coletas muito invasivas que poderiam colocar a gestante e o feto em risco de aborto, infecção e sangramento. Além disso, essas técnicas só conseguiam analisar os cromossomos do bebê e não o genoma completo. 

O que acontece se o exame der positivo?


Como o NIPT é um teste de rastreamento, o médico pode pedir mais exames para fazer o diagnóstico. O comum é solicitar uma das técnicas invasivas abaixo: 
  • Coleta do líquido amniótico; 
  • Biópsia do vilo coriônico (estrutura anatômica responsável pela formação do cordão umbilical).

Qual é a diferença entre a Sexagem Fetal e o NIPT?


A Sexagem Fetal é um exame que identifica a presença ou não do cromossomo Y. Já a identificação do sexo por meio do NIPT é feita por um teste genético no DNA do feto.

Onde o exame NIPT pode ser feito? 


Ele pode ser realizado na rede particular de saúde. Aqui na Beep, por exemplo, você pode fazer o NIPT no conforto da sua casa, de domingo a domingo e sem pagar taxas domiciliares. Baixe o nosso app e agende uma visita! 

Importante:


Você pode tirar suas dúvidas e fazer os agendamentos dos exames e vacinas desejados diretamente no aplicativo da Beep Saúde. É só clicar aqui para baixar!
Ah, aproveite para seguir a gente nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Também temos vagas para entrar na #OndaVerde em nosso LinkedIn. Vai lá! 🙂
Se você já precisou fazer o NIPT, compartilhe sua experiência com a gente! Assim, você vai contribuir para ajudar outras pessoas que procuram por mais informações.

Fonte: 


Beep Saúde |